Tag Archives: Psicoterapia Crianças e Adolescentes

O QUE SE ENTENDE POR PSICOTERAPIA PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES?

imagesJ5GAAL7C

A psicoterapia refere-se a uma variedade de técnicas e métodos utilizados para ajudar crianças e adolescentes que episódica ou mais permanentemente experimentam dificuldades com as suas emoções ou comportamentos. Apesar de existirem diferentes tipos de psicoterapia, cada um se baseia na comunicação como instrumento básico para produzir mudanças nos sentimentos e nos comportamentos de uma pessoa.

A psicoterapia pode envolver uma criança individualmente, um grupo de crianças, uma família ou um grupo de famílias. Em crianças e adolescentes, o jogo, o desenho, a construção e o faz de conta bem como o diálogo, são importantes formas de partilhar sentimentos e resolver problemas.

Como parte da avaliação inicial, um profissional de saúde mental qualificado ou a criança e o adolescente em sofrimento ou com desadaptações sociais importantes irão determinar a necessidade de psicoterapia. Esta decisão será baseada em problemas atuais da criança, a sua história, o nível do seu desenvolvimento, a capacidade de cooperar com o tratamento, e nas intervenções mais suscetíveis de ajudar a criança ou o adolescente a ultrapassar ou a minorar as dificuldades que apresenta. A relação que se desenvolve entre o terapeuta e o paciente é muito importante. A criança ou o adolescente devem sentir-se confortáveis, seguros e compreendidas. Este tipo de confiança facilita na criança a expressão dos seus pensamentos e sentimentos e permite que a terapia possa minorar o sofrimento e promover o equilíbrio psicológico da s crianças e adolescentes.

Com efeito, a psicoterapia ajuda crianças e adolescentes images98VQ8I3Bde várias maneiras, podendo, através do apoio emocional resolver conflitos com pessoas, compreender os sentimentos e problemas e experimentar novas soluções para velhos problemas. As metas da terapia podem ser específicas (mudança de comportamento, melhoria das relações com amigos ou família), ou mais gerais (menos ansiedade, melhor autoestima). O número de sessões da psicoterapia varia de acordo com a complexidade e a gravidade dos problemas.

Relativamente à psicoterapia, os pais devem colocar as seguintes questões:

·     Por que é que a psicoterapia é recomendada?

·     Que resultados podem esperar?

·     Quanto tempo é que o filho terá de fazer a terapia?

·    Qual é a periodicidade das sessões?

·    O psicólogo estará nas sessões apenas com a criança ou haverá sessões onde os pais e a família também vão estar?

·    Qual é o preço das sessões?

·    De que forma é que os pais são informados acerca dos progressos do filho e como os podem ajudar?

·  Quanto tempo que esperar para ver mudanças?

Se ao longo de um ou dois anos os pais não vêm mudanças, devem conversar com o psicoterapeuta e tentar compreender a ausência dos resultados esperados.

Anúncios