Os pais criadores de laços e de afectos

Os pais criadores de laços e de afectos

   images3OV9WK0P

 A partir do momento em que os pais confirmam a existência de uma gravidez, começam a desenvolver sentimentos, progressivamente, mais fortes de ternura, afecto e amor pelo pequeno ser que se vai crescendo dentro da mãe.

Ninguém como os pais é capaz de aprender a ouvir o silêncio, de adivinhar os sentimentos do pequeno bebé, de conversar e estabelecer o diálogo mais certo que a humanidade foi capaz de criar. Os pais, mesmo em situações adversas, têm a capacidade de proteger, de amparar de se fortalecerem mutuamente.

Os pais geram, cuidam e imagesDZTQERWKnutrem com um amor incondicional que nada espera em troca.

Após o nascimento todos os alertas sensoriais dos pais estão atentos e disponíveis. Interpretam os menores sinais, aqueles que serão imperceptíveis a um outro ser humano mesmo que esteja por perto. É esta a condição perfeita para o desenvolvimento de uma vinculação que será a estrutura de toda a vida emocional e afectiva que possibilitará ao bebé explorar, conhecer o mundo, aprender, ser sensível ao outro e adaptar-se à vida e às suas imensas dificuldades e incongruências.

São os pais que dão as raízes e as asas aos filhos, que lhes permitem voar com a confiança de poderem ter sempre um colo acolhedor que os espera, se necessário for.

 

Anúncios

Deixar um comentário.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s